Cuidados Com a Alimentação na Infância
Olá papai e mamãe, como anda a alimentação do pequeno aí em casa?  Nós sabemos que quando se trata das crianças, o assunto alimentação é sempre cheio de perguntas, dúvidas e preocupações. Existem aquelas crianças que não comem quase nada e não gostam de determinados alimentos, e também temos que lidar com intolerâncias e questões de saúde implicando na forma dos pequenos se alimentarem. Mas hoje vamos falar sobre os excessos e a preocupação que a Compulsão Alimentar Infantil gera nos pais. “Será que meu filho está comendo muito?” É difícil saber quando uma criança está apenas com a famosa gula e quando o estilo de alimentação já gerou um transtorno alimentar, não é mesmo? Portanto hoje viemos trazer alguns tópicos para colocarmos atenção quando falamos em alimentação infantil. Primeiramente vamos entender melhor o que é a compulsão alimentar: Ela é um distúrbio alimentar em que a pessoa come grandes quantidades de alimento em pouco tempo. A pessoa ingere os alimentos de forma compulsiva e perde o controle quando está comendo, e existe o sentimento de que é necessário comer, mesmo quando não está com fome. Além disso, algumas vezes essas atitudes geram culpa nas pessoas após alguns instantes. Abaixo vamos listar algumas dicas para melhorar a alimentação dos pequenos, mas fique de olho pois a compulsão é uma doença que deve ser tratada com acompanhamento multidisciplinar, portanto não deixe de procurar os profissionais adequados caso identifique sintomas além da gula em seu filho. Não trate a comida como recompensa É comum a gente oferecer doces e guloseimas como recompensa para uma determinada atitude da criança, ou então penalizar ela com um “se não comer tudo, não tem sobremesa”. Mas é importante entender que tratar a comida como recompensa não é um ato saudável e essa atitude deve ser banida do seu lar. Crie uma rotina para o pequeno Quando as crianças estão em fase de crescimento, é ideal que estejam sempre bem alimentadas. Portanto estabeleça horários para as principais refeições e crie, junto com o pequeno, o hábito de seguir os horários estabelecidos para as refeições. Envolva toda a família Nada mais gostoso do que almoçar com a família reunida na mesa, concorda?  Especialmente para os pequenos, é ideal que eles sentem a mesa para comer com a família, assim, além de um momento de carinho juntos, vocês podem conversar sobre os alimentos, e é mais fácil perceber qualquer sinal de compulsão vindo da criança. Aaah, e nada de ligar a televisão ou então ficar no celular! Esse momento deve ser aproveitado em família, sem distrações. Menos restrições e mais opções Não limite demais o cardápio dos pequenos, pois essa atitude pode ser o primeiro passo para a compulsão alimentar.  O ideal é que eles sempre tenham diversas opções de alimentos saudáveis (como arroz, feijão, carnes, leite, queijo, etc) quanto mais qualidade e variedade estiverem presentes na mesa, menos vontade de doces e alimentos industrializados os pequenos terão. Não fale sobre o corpo Fazer comentários sobre a magreza ou o sobrepeso da criança só vai fazer com que ela se sinta mal e muitas vezes tenha vergonha de comer na frente dos pais, e acabe por comer escondido. Portanto incentive a boa alimentação, mas sem neura e sem exageros! Pratique atividade física  Praticar exercícios físicos é muito importante para evitar a obesidade infantil, por isso aproveitem o tempo livre para praticar algum esporte ou investir naquela brincadeira que os pequenos amam. Pode ser uma caminhada ao ar livre, uma partida de futebol, pular corda, andar de bicicleta, nadar, e muito mais. As opções são infinitas! Ouça seu filho Por fim, não esqueça de estar atento ao que seu filho fala. Tente entender a relação dele com a comida e se sentir necessidade, não tenha vergonha de procurar um profissional para ajudar nessa missão. Afinal a saúde e a felicidade do pequeno é o que mais importa. Queremos saber se você gostou das dicas que demos hoje e como é a relação com a comida ai na sua casa. Conta pra gente nos comentários ou então corre pras nossas redes sociais pra bater um papo com a gente.
0 Comentário - Postado em 25/08/2021 às 08:02h
A importância do sono para a saúde das crianças
Oi mamãe e papai! Tudo bem com vocês? Uma boa noite de sono é essencial para que os pequenos se desenvolvam, tanto física quanto emocionalmente. É durante o período de descanso que o cérebro do pequeno libera o GH, o famoso hormônio do crescimento, além de realizar outras funções importantíssimas para a memória e o funcionamento geral dos órgãos do seu corpo. Pensando nisso, a National Sleep Foundation (Fundação Nacional do Sono), um instituto de pesquisa sem fins lucrativos dos Estados Unidos, publicou algumas recomendações gerais sobre a importância do descanso para os pequenos, que vamos abordar nesta matéria. O que pode ajudar? Como já compreendemos que dormir é mais que essencial, é hora de conversar sobre as formas de fazer com que o sono do seu filho seja o mais saudável e proveitoso possível. Engana-se quem pensa que basta deitar e dormir! Principalmente nas fases onde as crianças querem brincar o tempo todo, dormir pode parecer uma verdadeira perda de tempo para eles, o que pode ser prejudicial. Então venham com a gente e anotem as dicas a seguir, que garantem uma boa noite de sono para os babys! - Cuidado com as brincadeiras Já notaram alguma inquietação no pequeno antes de dormir? Alguns chegam a inventar mil e uma tarefas que precisam ser realizadas antes que ele, de fato, possa ir para a cama. Uma boa estratégia para impedir essa inquietação excessiva antes de dormir é reduzir a atividade mental e física durante a noite. Não deixem que as tarefas escolares e brincadeiras intensas ocorram após o anoitecer. Na verdade, nesse horário é melhor que as crianças já tenham finalizado todas as suas obrigações diárias. Isso quer dizer que esse é um bom momento para que elas assistam TV, leiam ou façam qualquer outra atividade relaxante. - Estabeleça uma rotina Essa dica completa a primeira! Se vocês querem que os pequenos durmam bem, é preciso ter horários fixos e muito bem programados, isso evita que a criança realize atividades agitadas à noite ou acabe dormindo tarde demais. Junto ao pequeno, criem combinados estabeleçam uma rotina.  - Dedique atenção à alimentação A boa alimentação é um fator fundamental para a saúde de qualquer pessoa! E ela pode ser decisiva na qualidade do sono. Consumir certos alimentos muito próximos da hora de dormir pode ser prejudicial. No geral, o melhor é optar por comidas mais nutritivas e levinhas para o jantar: legumes e verduras são sempre uma excelente opção! Evitar o açúcar nesse período pode ser uma ótima decisão também, já que o efeito energético que excesso dele causa pode ser muito desconfortável para o seu baby. O mesmo vale para alguns tipos de refrigerantes, que possuem muito açúcar e cafeína em sua composição. O melhor mesmo é deixar esses alimentos para serem consumidos durante o dia e não após o jantar, ok? - Arrume o quarto do pequeno Além de uma cama confortável e aconchegante, existem outros fatores que deixam a hora de dormir muito melhor! A ausência de luz auxilia muito para que o sono seja profundamente bom e tranquilo. Mas se o seu pequeno tiver algum problema com o escuro total, como muitas crianças têm, façam o possível para que a luz presente no quarto seja mínima. Dessa forma seu baby terá uma qualidade de sono muito melhor. Quantas horas de sono são necessárias? Agora que vocês já sabem como garantir horas bem dormidas para as crianças, é hora de falar da quantidade certa! Dormir menos que o necessário diariamente pode ter sérias consequências no desenvolvimento do seu baby, mas dormir demais também não é nada legal. Segundo a National Sleep Foundation, essas são as recomendações de acordo com cada faixa etária: De 0 à 3 meses: Entre 14 e 17 horas de sono diárias; De 4 à 11 meses:  Entre 12 e 15 horas de sono diárias; De 1 à 2 anos: Entre 11 e 14 horas de sono diárias; De 3-5 anos: Entre 10 e 13 horas de sono diárias; De 6-13 anos: Entre 9 e 11 horas de sono diárias; Agora que vocês já sabem tudo isso, é hora de cuidar desse fator tão essencial na vida dos babys. Peguem os cobertores e os travesseiros e aproveitem aquele soninho gostoso e merecido!
0 Comentário - Postado em 18/08/2021 às 07:42h
Ter um Animal de Estimação é Tudo de Bom!
Olá papai, olá mamãe, hoje vamos falar de um assunto que todo mundo ama: os animais de estimação. Quem tem um pet em casa ou passou sua infância com a companhia ilustre de um bichinho de estimação, sabe bem como eles são super queridos e amados, além de fazerem uma grande diferença na vida da gente, não é mesmo!?  E se você está em dúvida sobre ter ou não um cachorrinho, gatinho ou outro animalzinho em casa por causa do seu filho, saiba que hoje nós vamos te dar muitos motivos para apostar sem medo nesse novo companheiro para seu lar. Una-se ao time dos que amam os animais de estimação conosco:  Ele é o melhor amigo do homem e das crianças também!  Um animalzinho pode se tornar o confidente de uma criança, pois com a crença de que eles sentem, entendem e escutam o que falamos e sentimos, os pequenos podem ver nele um porto seguro para conversar, e até mesmo desabafar quando está bravo, impaciente ou triste. Um bichinho de estimação ensina muito sobre responsabilidade. Os animais demandam muitos cuidados como passear, dar banho, alimentar, escovar e muito mais. Mas isso não pode ser uma barreira para você ter um pet em casa, muito pelo contrário. O senso de responsabilidade que um animalzinho cria nas crianças é muito benéfico para seu crescimento, pois além de lidar com as necessidades do bichinho (conforme a idade vai avançando a criança ganha tarefas no cuidado com o bichinho) ele vai entender mais sobre as responsabilidades que os papais têm com as necessidades dele mesmo. Legal não é?  Auxilia no ensino sobre valores e ciclo da vida. Ter um bichinho de estimação em casa ajuda na hora dos pais ensinarem algumas lições para os pequenos, por exemplo sobre o nascimento, reprodução, acidentes e até mesmo como lidar com a dor da perda (em casos onde acontece a morte do animalzinho). Essa experiência e vivência com os bichinhos será útil em muitos aspectos e eventos futuros na vida do pequeno. São excelentes companheiros de aventuras! Não dá pra negar que os animais têm muita energia para brincar e essa energia é excelente para estimular a prática de atividades físicas pelas crianças (coisa que nenhum celular ou tablet faz). Os animais demandam interação e brincadeiras que movimentam portanto as crianças sempre tem uma oportunidade valiosa de interação social e prática de exercícios. Além disso, existem atividades que podem ser feitas por toda a família, como os passeios, por exemplo, que criam momentos de harmonia entre os pais, crianças e pets, além de contribuir para o abandono do sedentarismo da família toda!  São excelentes para ajudar no desenvolvimento social A interação que os pequenos têm com os animais podem ser um fator determinante na melhora da sua autoestima e confiança. Isso influencia diretamente na capacidade de interagir com outras crianças e adultos. Esse auxílio natural no desenvolvimento emocional é excelente para crianças mais velhas e adolescentes se tornarem socialmente mais competentes e desenvoltos. Auxiliam no desenvolvimento emocional das crianças Algumas habilidades como autocontrole, socialização e capacidade afetiva são desenvolvidas por crianças que crescem na companhia de um animalzinho. Esses aspectos positivos são derivados do convívio com o companheiro, que ensina o pequeno a interpretar sentimentos e necessidades de outro ser, trabalhando simultaneamente a empatia, o carinho e a comunicação não-verbal com o próximo. Atenção com alguns cuidados:  Claro que ter um novo integrante em casa é sempre um desafio, mas nós trouxemos dois aspectos que você precisa se atentar ao adotar um animalzinho para sua família: Cuidados com a higiene do cãozinho, gatinho ou outro animal são extremamente necessários, portanto mantenha pulgas e carrapatos bem longe, não se esqueça de dar banhos e levar ao veterinário regularmente .  Até cerca de sete anos, é necessário que os pais acompanhem a interação dos pequenos com os animais, afinal, o cuidado e a supervisão podem evitar acidentes e estranhamentos entre os pequenos e os bichinhos. Por último, aqui vai um recadinho para as grávidas de plantão: Não tenha medo do convívio entre o bebê e o bichinho! Se você já tem um animaizinhos em casa e está grávida, é normal ter insegurança sobre como será o convívio entre eles, portanto fique dê olho nessas dicas que vão te ajudar a se livrar dessa preocupação:  Dê tempo aos dois: os bebês normalmente não vão identificar um animalzinho como um ser vivo até os três meses de idade, mas os pets já sentem a presença do pequeno, seu choro, a atividade diferente dentro da casa, portanto estimule o convívio deles mas sem forçar nenhuma situação.  Alimente o convívio: quando você estiver grávida, deixe o pet pertinho de você e da sua barriga. Converse com ele sobre a chegada do bebê e não deixe o bichinho de lado, pois afastar ele do seu convívio e do bebê só vai deixar ele com ciúmes e estranhamento da nova vida que está chegando para dividir a atenção dos donos. Faça a apresentação: tenha paciência e tempo para apresentar as duas vidas. Você já conhece bem a personalidade do seu pet, portanto vai saber a melhor maneira de apresentar a nova vida a ele. Nada de fazer isso com pressa e em um momento de estresse. Esse primeiro contato deve ser supervisionado e cheio de carinho e atenção (tanto com o baby quanto com o animalzinho). Por fim, percebemos que além de fofos e divertidos, os bichinhos de estimação ajudam muito no desenvolvimento dos pequenos e na união da família. Portanto não tenha medo e aposte de vez na adoção de um novo melhor amigo para seu filho. 
0 Comentário - Postado em 11/08/2021 às 07:34h
Mala de Viagem Infantil - Dicas de Calçados para as MENINAS
Como preparar mala de viagem infantil? O primeiro ponto que você deve pensar é se o destino tem um clima quente ou frio. Para passeios na praia, por exemplo, não podem faltar lookinhos leves e sandálias infantis femininas. Ao contrário, para a neve, roupinhas de lã e botas femininas infantis são essenciais. Para não errar na escolha dos looks, vale a pena também dar uma olhada na previsão do tempo.  Depois de saber que tipos de sapatos e roupas escolher, é hora de separar os modelos específicos. Aqui vai uma dica de ouro: foque em peças e calçados mais básicos, ou seja, que fiquem bem com absolutamente tudo.  Calçados infantis femininos para as férias De sandálias a botas, existem diversos modelos de calçados para as menininhas. Aproveite todas as cores e temas e faça da moda infantil uma festa! Sandálias Tênis Sapatilhas Dicas para guardar os calçados infantis na bagagem Na hora de colocar tudo na mala de viagem infantil, você pode usar saquinhos de plástico transparente. Coloque cada par em um recipiente. Ou, se preferir, use sacolinhas de pano e cole uma etiqueta de identificação.  Mais uma dica essencial é separar as roupas por looks do dia. Por exemplo, para curtir um passeio na neve, deixe uma calça, uma blusinha térmica, meias e casaco em um só saquinho. Fora isso, não se esqueça de separar uma muda de roupa para o trajeto da viagem, além de outras duas, pelo menos. Afinal, pode acontecer das crianças se sujarem, não é mesmo?  Gostou das nossas dicas? Saiba que a Contramão, tem sempre grandes novidades! Não perca tempo, e prepare uma mala de viagem infantil perfeita! Para descobrir outras dicas de moda infantil, continue aqui no nosso blog!
0 Comentário - Postado em 04/08/2021 às 07:55h
Como Medir o Pé de Bebê e Crianças? Confira as Dicas!
Quais são as suas maiores dúvidas na hora de comprar calçados infantis? Para muitos papais, a escolha do tamanho é o principal desafio. Será que aquele modelinho tão lindo de bota ou de tênis ficará certo no pezinho? Pensando nisso, preparamos esse artigo com todas as dicas sobre como medir o pé de bebê e crianças.  Além disso, vamos mostrar um pouco sobre as tabelas de medidas para os sapatinhos.  Então, continue a leitura e acerte em cheio nas compras para os seus pequenos! Passo a passo: como medir o pé de bebês e crianças? Antes de escolher os seus modelos favoritos de calçados infantis, vale conferir o tamanho do pé dos seus filhos. E nem precisa se preocupar, porque essa tarefa é bem simples.  Olha só o passo a passo:  separe uma folha sulfite (maior que o pé do menino ou da menina); coloque o seu filho(a) de pé, com o pezinho em cima da folha; com um lápis, marque a ponta do dedão e a ponta do calcanhar; use uma fita ou uma régua para medir o cumprimento do início ao fim do pezinho.  Se preferir, você também pode colocar a folha sulfite no chão, encostada em uma parede. Depois, deixe o pé do seu filho em cima dessa folha, com o calcanhar também encostado na parede. Marque a ponta do dedão e, em seguida, meça com fita ou régua a distância do dedão até o fim da folha.  Agora, como medir calçado infantil?  Você já sabe como medir o pé de bebês e crianças. Mas, se a intenção for medir o calçado infantil… Sugerimos que você pegue a palmilha e faça o mesmo processo do pé na folha sulfite. Marque o início e o fim da palmilha e, depois, confira o tamanho com uma fita métrica ou com uma régua. Compare a medida do pé com a medida do calçado infantil e acerte nas compras! Quando você já sabe o tamanho (em medidas) do pezinho do seu pequeno(a), fica muito mais fácil acertar o tamanho do novo sapatinho.  Checklist: o que os melhores calçados infantis precisam ter? Como agora você já sabe tudo sobre como escolher o tamanho de calçados infantis, que tal descobrir as características essenciais para tênis, sapatilhas, botas, sandálias, etc.? Dá só uma olha no checklist que garante muito conforto, segurança e, claro, ótimo desenvolvimento de bebês e crianças.  Os calçados para o seu filho(a) precisam ter:  solado antiderrapante; palmilha anatômica; fecho prático (velcro ou cadarço com estrutura de elástico); interior almofadado;  material resistente (couro, plástico PVC atóxico, borracha de pneu); entre outros detalhes.  Lembre-se, também, de analisar se o modelo escolhido realmente ficará confortável para o tipo de pé do seu filho(a). Afinal, há pezinhos mais gordinhos, magrinhos, estreitos e largos.  Com esse guia, você saberá como medir o pé de bebês e crianças e, claro, acertar nos calçados infantis! Na hora das compras, conte com a Contramão Calçacados, com maior variedade de calçados para a criançada!  Gostou das nossas dicas? Então, continue aqui no Blog Contramão Calçados!
0 Comentário - Postado em 28/07/2021 às 07:39h
Moda infantil: conheça 3 sapatinhos curingas
Que tal conhecer 5 lindos modelos que combinam com tudo? Preparamos uma listinha com opções lindas. O melhor é que todos os calçados são extremamente confortáveis e resistentes. Aproveite tudo e tenha o melhor da moda infantil para suas princesas!  1. Tênis Infantil   Nós sabemos que, quanto mais tênis infantil, melhor! É por isso que trouxemos este lindo modelo para somar à coleção do sua!  2. Sapatilha Infantil Bailarina Impossível falar de moda sem citar sapatilhas infantis, né? Dá só uma olhada neste modelinho o estilo é bailarina super delicadinho, é puro charme. Dá pra combinar este calçadinho com vestidos, saias, shorts, calças de quaisquer tecidos e cores.  3. Tênis Infantil Cano Alto A febre do momento é este tênis infantil de cano alto! O preto dá um toque moderno para os lookinhos, além disso, combina com tudo. Aproveite para criar visuais com t-shirts e calças jeans, vestidos, saias lisas ou estampadas, camisas, macacões e muito mais!    4. Coturno Infantil  Tem coisa mais linda do que um pezinho com Coturno? Este modelo é um calçado infantil muito confortável para o seu pequeno! A cor branca fica perfeita com tudo, seja para os dias quentes ou para os dias frios.  Sempre vale a pena investir em coturnos infantis!    5. Sandália O destaque da vez é uma das sandálias infantis femininas mais desejadas! Uma fofura só!  O que achou dos nossos 5 sapatinhos curingas? Na Contramão, você pode encontrar muito mais calçados! Para ficar por dentro das novidades da moda infantil, continue nos acompanhando aqui no Blog Contramão!
0 Comentário - Postado em 14/07/2021 às 08:04h
Cuidados com as crianças no inverno
 São dicas simples e que podem ser colocadas em prática no dia a dia da criança: Boa alimentação  Manter a criança bem nutrida e hidratada é fundamental para a resistência do organismo diante do frio. Para igualar a temperatura externa, é natural que o corpo necessite de mais energia. Por consequência, o corpo precisa de uma alimentação reforçada. A melhor dica é não deixar a criança sem se alimentar por mais de duas ou três horas. As frutas e verduras, ricas em vitaminas são potencialmente protetoras. Como gasta-se mais energia para manter a temperatura corporal, alimentos mais calóricos, porém com bom valor nutritivo, também são válidos. Exposição pós-banho  Primeiramente, evite banhos noturnos quando as temperaturas são mais baixas.  Também é importante que os banhos sejam rápidos e realizados em um ambiente sem estresse térmico, ou seja, sem vento ou friagem. Após o banho, basta enxugar o cabelo e a cabeça suavemente com uma toalha com boa absorção hídrica e vesti-lo rapidamente. Roupas adequadas  Essa, a mais óbvia. Porém, vale destacar a importância de toucas que cubram os ouvidos, pois o vento frio pode predispor a infecção de ouvido, luvinhas e, em caso de saídas em locais de vento forte, jaquetas e blusas que tenham tecido que impeça a passagem do vento. Blusas de lã e moletom são adequadas para usar somente por baixo desse tipo de agasalho corta-vento. Controle as saídas  Em épocas de temperaturas gélidas, a recomendação é controlar ao máximo as saídas de casa. O ideal é sair somente em ocasiões inevitáveis, pois a variação de temperatura e exposição ao frio pode trazer consequências indesejadas ao bebê. O resguardo também protege a criança de ventos fortes e contato com diferentes tipos de vírus. Quando sair, deve-se evitar o choque térmico, como sair de um ambiente bem quente e de uma vez entrar em um ambiente frio e vice-versa. Cuidado ao brincar ao ar livre  Playground, parque ou qualquer área externa… O tempo frio não é motivo para deixar a criança reclusa, e brincar ao livre é um bom hábito. Entretanto, algumas medidas protetivas são recomendadas. Deve-se agasalhar a criança de forma adequada. Quando estiverem muito agitados não há problemas em retirar uma camada mais pesada de agasalhos, porém devemos manter ainda assim uma blusa com manga comprida e a proteção na cabeça e orelhas, evitando uma ampla exposição do corpo da criança ao frio, que poderia resultar em hipotermia e propensão na aquisição de doenças.  As galochas são uma ótima opção para “cuidar” dos pézinhos dos pequenos, porque protegem do frio e da água (chuva ou poças):
0 Comentário - Postado em 30/06/2021 às 10:04h
5 Dicas para Comprar Sapatos Infantis
Na hora de comprar sapatos infantis existem diversas dúvidas relacionadas a unir beleza e conforto. Tanto mamães e papais, quanto pessoas que queiram presentear com um calçado infantil podem passar por essa situação. Comprar sapato de criança realmente não é uma tarefa simples, mas pode tornar-se mais fácil quando algumas dicas são levadas em consideração. Separamos cinco dicas especiais para você acertar na hora da compra. Confira! 1. Opte por sapatos infantis que fiquem firmes no pé O modelo mais adequado é um sapato que se adapte aos pés de maneira “natural” e que fique firme. Para isso, crianças menores podem se beneficiar de calçados com laços, cintas ou velcro no peito do pé para que tenham mais segurança ao caminhar e brincar. 2. Saiba o tamanho correto do calçado O tamanho do sapato é um fator muito importante para que ele seja confortável para a criança e não limite os movimentos dela. Por isso, na hora da compra online, é importante consultar a tabela de tamanhos que cada marca oferece. Caso você vá comprar um sapato para dar de presente, é indicado perguntar aos pais o tamanho correto ou garantir na loja que a troca seja possível. Não esqueça de sempre consultar a data de entrega, para não atrasar o presente. 3. Dê preferência para sapatos mais folgados Os sapatos devem ser largos e longos o suficiente para permitir o movimento correto dos dedos. Os sapatos infantis com ponta redonda e fechada são bastante indicados por proporcionar conforto aos pés dos pequenos e também ficarem bem firmes. Ainda assim é preciso lembrar que eles não devem estar muito soltos. Se os sapatos saem facilmente, a criança não se adapta a usá-los. Por exemplo, se a opção foi comprar um tênis, não é indicado contar com amarrar o cadarço mais forte para que ele fique seguro no pé. 4. Verifique se o calçado é flexível O sapato infantil deve permitir um movimento livre da articulação do tornozelo (levantar e abaixar o pé). Principalmente não reprimindo o fluxo sanguíneo, que pode resultar em problemas de saúde para a criança. Assim, é preciso testar a flexibilidade do calçado. Uma forma de fazer essa verificação é dobrando a sola com a mão, ela deve ser flexível e não muito mole. Optar por comprar uma bota infantil feminina, por exemplo, deve-se avaliar se o cano não restringe os movimentos. As botas infantis devem ter um cano mais largo e não ser muito alto. 5. Atente-se ao material utilizado Como as crianças brincam, correm e, consequentemente transpiram, a escolha do sapato deve levar em consideração o material utilizado. Principalmente no verão, opte por calçados que permitam a transpiração dos pés, mas que não fique escorregadio.  O ideal ao comprar sapatos infantis é pensar no conforto e bem-estar da criança. A escolha de um calçado adequado influencia se a criança vai querer usá-lo ou não, portanto, considere essas dicas no momento da compra e informe-se antes de fazer uma escolha.  
0 Comentário - Postado em 23/06/2021 às 11:19h
PRESENTES INUSITADOS PARA O DIA DAS MÃES
Se a sua mãe está cansada de receber flores ou você anda sem muita criatividade, não se desespere, nós estamos aqui para te ajudar a encontrar o presente perfeito de Dia das Mães. - Livros Um livro é sempre uma ótima maneira para fazer a sua mãe parar um pouco e descansar, então que tal presenteá-la com uma temática sobre arte que, além de trazer mais informações, pode ser um ótimo passatempo na quarentena. - Escova secadora Se sua mãe é ligada nas redes sociais provavelmente já viu essa escova secadora que está bombando no Instagram e, muito provavelmente, ela também já está desejando uma dessas, mesmo que secretamente. O produto promete secar e escovar os cabelos de uma só vez, deixando os fios brilhosos e macios, ideal para as rotinas corridas. Basta usar a escova com o cabelo molhado e em alguns minutos a sua mãe estará pronta para sair - para o mercado, ok? - Tapete de yoga A pandemia nos obrigou a encontrar maneiras de exercitar o corpo dentro de casa e um exercício que ainda ajuda a acalmar e se conectar com você mesma é ainda melhor. A Yoga é um exercício que traz várias vantagens ao corpo, além de ajudar na concentração e aliviar o estresse e ansiedade, e talvez o único incentivo que faltava para a sua mãe é ter um tapete apropriado para a atividade. Aproveite o Dia das Mães para mostrá-la o quão bom é ter uma rotina de exercício físico. - Pantufa at home tal mãe tal filha E claro que uma ótima opção de presente é nossa pantufa super fofa de pelinhos, para os dias em casa ficarem ainda mais confortáveis. E que tal combinar vc e ela com o mesmo shoes? Simm, tem disponível mãe e filha 
0 Comentário - Postado em 04/05/2021 às 16:40h
KIDCORE: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ESSA TENDÊNCIA
KIDCORE: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ESSA TENDÊNCIA O ano de 2020 realmente foi um divisor de muitas polêmicas e abriu um extenso leque para novas possibilidades, mudando a nossa maneira de se comportar, comunicar, vestir e, inclusive, influenciando até mesmo na estética da nova geração. Você provavelmente já notou uma nova tendência colorida e um tanto quanto "infantil" tomando conta das pastas de inspirações do Pinterest nos últimos meses, né? Trata-se de nada mais, nada menos do que o movimento Kidcore.  Os maiores responsáveis por trazer essa onda nostálgica foram os criativos e nada convencionais jovens da geração Z, que apostaram todas as suas fichas nessa trend por meio de vídeos no TikTok, começando assim uma nova era de estilo e lifestyle com direito a todas as cores do arco-íris, roupas e acessórios com estampas fofas que carregam fortes referências nos personagens e brinquedos que marcaram as décadas de 90 e 2000.  Outro fator que nos levou a adotar essa estética foi a chance de sonhar com os bons momentos da infância nesses últimos meses em isolamento, onde estávamos buscando por algo mais consolador e seguro - e que convenhamos, nada mais reconfortante do que a época em que éramos crianças, né? Outro fator que nos levou a adotar essa estética foi a chance de sonhar com os bons momentos da infância nesses últimos meses em isolamento, onde estávamos buscando por algo mais consolador e seguro - e que convenhamos, nada mais reconfortante do que a época em que éramos crianças, né? Mas, o Kidcore já vinha dando sinal de sua existência algum tempo atrás, por meio de micros e grandes apostas da moda como as miçangas, presilhas e símbolos - como o próprio smiley face que continua bombando tanto nos looks quanto nas produções de beleza e nail art.  Se você já torceu o nariz para o Kidcore, saiba que mesmo não usando um look a caráter, ainda sim, você poderá investir nessa tendência - muitas das vezes sem nem saber. Os filtros do Instagram e do TikTok estão aderindo cada vez mais a essa estética "fofa" que, inclusive, vem se tornando cada vez mais popular entre os usuários de todas as idades e estilos. Vai me dizer que você ainda não usou um filtro de flores e aqueles com stickers no rosto? Nós aderimos essa trend, e trouxemos ela para nossos shoes em detalhes que podem ser usados da forma que você preferir:
0 Comentário - Postado em 27/01/2021 às 11:20h
Saúde mental: maneiras de diminuir a ansiedade em tempos de hoje;
Crises de ansiedade podem surgir quando menos esperamos, mas existem algumas dicas para você controlar a ansiedade e diminuir a intensidade das crises, que podem surgir com mais frequência em épocas da vida em que estamos mais vulneráveis e isoladas do mundo..  1. Filtre as notícias que chegam até você Você já ouviu aquele ditado que diz que tudo em excesso faz mal? Ele vale também para as informações que chegam até você, que são muitas e nem sempre verdadeiras.Em tempos de fake news, é muito importante saber reconhecer um veículo de comunicação de qualidade, não compartilhar notícias falsas e saber a hora de parar.   2. Mantenha uma rotina e crie hábitos Se você passa muito tempo em casa – ou está passando por causas que fogem do seu controle - é muito importante entender o que é dia útil e o que é final de semana, o que é tempo de trabalho e o que é tempo de lazer. Coisas simples te ajudam a manter a cabeça no lugar e o cérebro turbinado, evitando desencontros e muito cansaço. Quando acordar, separe uns minutos para você, lave o rosto, passe creme, troque o o pijama por outra roupa, prepare o café da manhã, depois inicie sua rotina de estudo/trabalho, não deixe de almoçar nem de jantar, reserve um tempo para movimentar o corpo e praticar um hobby, tome banho, durma direitinho…   3. Não viva dentro do seu quarto É uma delícia passar um tempão no seu cantinho, que é o seu mundo, cheio das coisas que você gosta, mas não sair dele pode ser perigoso. Se você trabalha ou estuda em casa, ou está fazendo um dos dois momentaneamente, tente escolher outro espaço para realizar suas atividades que não seja a cama. Ficar na cama passa a mensagem pro cérebro de que estamos num lugar acolhedor e perfeito para descansar. O que acaba acontecendo? Quando não dormimos, ficamos cheeeeias de preguiça. Vá para a sala, para a cozinha, para o escritório ou, pelo menos, levante-se da cama e vá para aquela mesinha que tem no quarto para se concentrar melhor. Vai fazer uma baita diferença, pode acreditar!  4. Faça as refeições em uma mesa Aqui vale o mesmo conselho que demos no item anterior: nada de passar o dia na cama, estudar na cama, trabalhar na cama, comer na cama, viver na cama. Inclusive,  respeite os horários de se alimentar e faça as refeições em uma mesa. Só o ritual de arrumar as coisas, sentar, comer, tirar a mesa e deixar tudo em ordem já ajuda a deixar o cérebro ativo e ocupado, e contribui no combate à ansiedade que surge da inanição e da mente vazia.  5. Faça do banho um momento especial Não tenha pressa. É claro que não é prudente ficar meia hora embaixo do chuveiro, mas não tenha pressa na organização dessa atividade. Vá com calma, coloque uma playlist gostosinha, aproveite o momento para relaxar e fazer uma limpeza, não só no sentido literal da palavra, e use o banho como um meio de se reconectar consigo mesma e deixar todos os problemas do dia para trás. É nesse tempo de pausa que também acabamos tendo muitas ideias criativas que podem ser úteis no dia a dia. Desacelere. 6. Coma coisas que te deixam feliz Muitas pessoas acabam comendo compulsivamente por causa da ansiedade, e não é isso que estamos querendo dizer aqui. A questão é: se você já está passando por um momento mais delicado, por que dificultar as coisas criando regras que só te deixam ainda mais ansiosa? Excessos nunca são bons, vale repetir, mas a privação em momentos de grande estresse também pode ser uma faca de dois gumes. Está com vontade de comer um brigadeiro? Coma. Bateu uma fominha de sorvete? Só vai. Sempre com moderação; 7. Faça exercícios leves Praticar atividades físicas libera endorfina, um hormônio incrível que atua no cérebro como um analgésico natural, aliviando dores e relaxando o organismo. É ele o responsável por dar aquela sensação de bem estar com o dever cumprido após a sequência de abdominais, corrida, série com alteres e por aí vai. 
0 Comentário - Postado em 28/10/2020 às 10:30h
PIQUENIQUE: DIVERSÃO NO DIA DAS CRIANÇAS
Como a data mais esperada pela criançada está chegando, que tal aproveitar este dia e deixá-lo ainda mais especial e divertido? Você já pensou em organizar um piquenique em família? Os piqueniques, além de divertidos, proporcionam momentos agradáveis ao ar livre,  não tem nada melhor que deixar um pouco a tecnologia de lado, aproveitar a natureza e passar um tempo com as pessoas que amamos. Pensando nesta data especial, preparamos algumas dicas sobre o que é necessário levar em um piquenique e como preparar. Com certeza a galerinha vai adorar! Para começar a organizar, primeiramente você precisa fazer a escolha do local onde será feito. O importante é dar preferência para locais ao ar livre e com bastante sombra e não se esqueça de verificar as condições climáticas.  Não se esqueça de envolver  as crianças na organização! O QUE LEVAR EM UM PIQUENIQUE? Sugerimos levar os seguintes itens: Pratos de lanche Copos Guardanapo Talheres – Dependendo do que será servido e caso realmente precise, leve talheres descartáveis. Toalha Saco de lixo – Não esqueça de recolher o lixo no final. Garrafa Térmica Repelente para insetos Protetor solar Álcool gel Uma ótima dica é levar almofadas para tornar o local mais aconchegante. COMIDINHAS PARA O PIQUENIQUE: Ao montar a cesta de piquenique com as gostosuras que serão servidas, não esqueça que alimentos como leite, iogurte e presunto devem ser transportados em recipientes térmicos. Ingredientes saudáveis devem estar dentro da alimentação dos pequenos, por isso, separamos algumas ideias para chamar a atenção da criançada. Usando a sua criatividade, prepare os pratos e deixe as comidinhas ainda mais encantadoras. Veja: Lembre sempre de colocar um look confortável para aproveitar o dia ao máximo. E aí, gostou das dicas?  
0 Comentário - Postado em 08/10/2020 às 15:24h
Horóscopo fashion: o calçado que mais combina com cada signo!
      Aproveite a ajuda dos astros para encontrar o modelo que tem a sua cara! Áries Tênis com solado robusto é o match perfeito para uma ariana confiante, segura de si, corajosa e ambiciosa; Touro A taurina que tem ascendente em comida vai concordar com um shoes cheio de frutinhas; Gêmeos As geminianas ágeis, determinadas e que gostam de viver diferentes emoções podem apostar neste modelo! Câncer Romântica, intensa e sensível são as qualidades da canceriana que estão bem representadas neste tênis que tem o desenho de um coração. Leão Encontramos o modelo ideal para a leonina confiante, cheia de autoestima, amor próprio e que ama uma selfie! O que acha?  Virgem A virginiana preza pela praticidade e vai adorar uma opção básica e moderna ao mesmo tempo, tipo essa flat total white, tendência do momento!  Libra Um dos signos mais ~good vibes~ do zodíaco, a papete lilas vai combinar muito com seu estilo. Escorpião A escorpiana destemida e independente tem um lado poderoso que está bem representado nesta peça. Arrasa, miga!  Sagitário Conhecida por ser a alma da festa, aquela pessoa animada e cheia de energia, a sagitariana fica ansiosa para curtir as sextas, e este tênis mostra exatamente isso!  Capricórnio As capricornianas responsáveis e empenhadas dão um match com esse tênis super comfy. Que tal?  Aquário A aquariana que tem uma cabeça que nunca para e não consegue organizar tantas ideias inovadoras vai se identificar com esse modelo. Peixes Se você é uma pisciana sonhadora – e que vive no mundo da Lua. Hehe! -, essa flat combina muito com você! E aí, gostou do modelo do seu signo?      
0 Comentário - Postado em 16/09/2020 às 15:29h
Coleção Verão 21
As estações primavera/verão costumam ser mais leves, mais coloridas, com mais estampas, e nesta coleção as nossas marcas Contramão e Maria Caramelo trazem novos formatos de experiências, embora dependemos da conectividade digital para sobreviver a estes tempos turbulentos, é a nossa necessidade de “conexão humana que realmente moldará nossas vidas”.  O universo infantil já vinha buscando a necessidade de estar mais próximo da natureza, do lar, das brincadeiras lúdicas e de tudo que traz sensação e emoção pra essa fase tão linda, que é a infância à transição da adolescência. Nessa coleção nossa temática passeia pelas “MEMÓRIAS DA INFÂNCIA”, trazendo sensações como o FRESCOR, o LÚDICO, o ACONCHEGO, o CONFORTO do LAR, o LAZER, e o AMOR. Nossa cartela recheada de cores em variações de tons pastéis ao color block com destaque para o balé/violeta/dália/avocado/ísis; Tons metalizados em rosa claro/dourado/prata/royal/verde; Tons neutros terra/bristrô/branco/nude/quartzo; As construções passeiam entre materiais dentro de tendências com estampas, adornos, aplicações em bordados de frutas, glam pedrarias ("special day"), metalizados/glíters em materiais e cores vibrantes, transparente e colorido destaque para materiais translúcidos e vinil colorido, materiais como jeans, tons claros e escuros e lonas coloridas, visual rústico em materiais como tramados/ trançados/ tressê/ adornos manuais como crochê, conforto (comfy) matelassê com adornos/cabedais com estrutura fofa e o street fashion em construções com cadarços estruturados/lurex nas composições e adornos removíveis. Como novidade a LINHA PREMIUM com construções feitas 100% em COURO (forro e cabedal) priorizando conforto + toque, trazendo alguns benefícios do seu uso, já que transpiram melhor e o visual dos detalhes como os vasados ficam em evidência.
0 Comentário - Postado em 26/08/2020 às 16:12h
Tendências da quarentena que queremos manter para sempre!
É impossível negar que nossos hábitos e comportamentos não foram completamente modificados desde que entramos nesse período de quarentena e isolamento social e a vida de todo mundo mudou. Diversas tendências da quarentena começaram a marcar presença no nosso cotidiano, sejam elas de comportamento ou até do vestuário. Algumas tendências da quarentena e hábitos que adquirimos nesses últimos meses, com certeza vamos querer manter na rotina quando tudo isso passar, como por exemplo, roupas e calçados confortáveis!  Vem com a gente: 1. Aceitar que o moletom pode ser muito cool Fica bom com praticamente tudo, jeans, legging, shorts, sem falar no conforto que ele proporciona!  2. Fazer minha própria comida Acho que todo mundo se arriscou pelo menos uma vez na cozinha durante essa quarentena. Seja fazendo um bolinho, um misto quente, um café passado, tapioca, pipoca com leite ninho, ter esses momentos são realmente essenciais. 3. Cardigans Cá entre nós, não existe peça mais quentinha e confortável do que o cardigan. Alem de ser mega comfy, o cardigan virou tendência e com certeza veremos muito essa trend da quarentena nas produções invernais.  4. Ler As vezes na correria do nosso dia-a-dia coisas importantes como a leitura ficam para trás, com essa quarentena temos a chance de devorar vários livros. 4. Usar nossa linha at home até pra ir no mercado Com tudo isso acontecendo, sentimos a necessidade de um calçado confortável, que pudessemos usar tanto dentro de casa como para uma saidinha rápida como por exemplo: ir ao mercado, padaria, coisas necessárias. Nossos produtos foram desenvolvidos para estar presente nesse momento, e com certeza depois que tudo passar ainda vamos querer exibir eles na rua, pois cai entre nós são uma graça e suuuuper comfy né?
0 Comentário - Postado em 15/07/2020 às 14:50h
5 razões para você começar a ler antes de dormir
Você sabia que a insônia não é mais um drama só de pessoas mais velhas? Os mais novos também estão tendo dificuldades para dormir. Assistir a séries e/ou usar o celular enquanto tenta pegar no sono é um perigo! A luz desses aparelhos eletrônicos atrapalha a produção de melatonina, hormônio que regula o sono. Então, já deu para perceber que se distrair naquele joguinho na cama, principalmente se o quarto já estiver todo escuro, não é uma boa ideia. Mas o que fazer?! Que tal reservar aquela uma horinha antes de dormir para ler um livro? Pode ser um mais leve ou até mesmo aquela leitura obrigatória que vai cair na prova. Abaixo, listamos algumas razões para você investir na leitura de um livro (nada de e-book, hein?) enquanto tenta pegar no sono. 1. É cientificamente comprovado que ler antes de dormir alivia o estresse De acordo com um estudo realizado pela Universidade de Sussex, na Inglaterra, em 2009, o fato de você se desligar do mundo real ao ler um livro alivia as tensões musculares e ainda diminui o ritmo dos batimentos cardíacos. 2. Os olhos ficam cansados e as pálpebras pesadinhas Isso também acontece quando você passa muito tempo na frente da tela do celular, por exemplo. Mas aí é porque a luz interfere diretamente na sua visão. No caso da leitura de um livro, não há nenhuma luz direcionada para o seu rosto. É puro cansaço do soninho chegando… 3. A prática te deixa mais saudável a longo prazo Além de te deixar bem mais criativa, pesquisas comprovam que ler um pouquinho por dia exercita o cérebro e trabalha partes que, no futuro, poderiam ser afetadas pelo Alzheimer, doença que destrói progressivamente a memória. 4. O silêncio faz seu corpo relaxar Ver TV antes de dormir funciona para algumas pessoas, mas outras acabam não sentindo sono justamente pelo som que o televisor emite. Ao ler um livro, mesmo que você escute uma música baixinha ou aposte nos audiolivros, é diferente e o corpo também interpreta aquele som de outro modo. 5. O escurinho ativa a produção de melatonina Se você ainda não tem um abajur na sua cabeceira ou próximo à cama, talvez seja hora de investir em um de luz amarela. Além de criar um ambiente perfeitamente gostosinho para a sua leitura noturna, o combo “escurinho + livro” faz seu corpo produzir mais hormônio do sono e, consequentemente, relaxar. 6. A qualidade do sono melhora De repente, você pode até se empolgar e ler por mais tempo do que estava pretendendo (o que também não é muito bom, hein?), mas apenas 20 minutinhos bastam para o seu corpo já sentir o relaxamento causado pela leitura de um livro. A menor agitação afeta diretamente o seu sono, que se torna mais contínuo e com menos pesadelos.
0 Comentário - Postado em 24/06/2020 às 15:16h
Como usar o tempo em casa para descobrir mais sobre o seu estilo
Em tempos de isolamento social para tentar combater os avanços do novo coronavírus, ficar em casa é uma das atitudes mais eficientes que podemos ter para contribuir com a luta contra a doença.  Apesar de sabermos a importância dessa ação, não é fácil ficar longe das pessoas que amamos e mudar completamente a rotina de uma hora para a outra. Uma forma de lidar de maneira mais positiva com tudo o que está acontecendo é tentar aproveitar esse período para nos conhecermos melhor, e isso pode nos ajudar até a descobrir mais sobre o nosso próprio estilo. Abaixo, confira algumas dicas de como colocar essa reflexão em prática e mãos à obra! Analise o seu armário Tire algumas horas do seu dia para observar roupas e acessórios que estão no seu armário. Reflita sobre quais são as suas peças favoritas e por quê. Faça o mesmo com as que você já não usa mais e questione-se sobre o motivo de não gostar delas: seria pela modelagem, cor ou estampa? Todos esses questionamentos darão pistas do que te agrada atualmente e essas respostas vão ser importantes para você descobrir com o que se identifica. Aposte na criatividade Sabemos que no dia a dia nem sempre temos a oportunidade de arriscar nas combinações de roupas. Aproveite a pausa no uso de uniformes e itens mais básicos para testar novos looks e ver como você se sente com eles. Sabe aquele visual que você deixou salvo na sua pasta de inspirações? Pois esta é a hora de investir nele. Junte cores, estampas e modelagens que você nunca imaginou usar e se jogue na criatividade.  
0 Comentário - Postado em 27/05/2020 às 15:54h
Dicas de presente do dia das mães, faça você mesmo!
Em tempos de quarentena e dia das mães chegando, o que você acha de presentear a sua mãe com algo feito por você mesmo! Garantimos que ela vai amar, e você vai ocupar seu tempo preparando um mimo para alguém que é tãããão especial ♥   Diy porta utensílios, você vai precisar de:  uma lata/ vidro  tinta/pincel uma fita para fazer o laço caneta preta e mãos a obra! Para as mamães que amam flor, essa dica é super fácil e fica bemmmm linda, você vai precisar de: Lata, pode ser de nescau. tinta/ pincel, terra/ flores cactos e mãos a obra! Plaquinha decorativa, você pode escrever o nome da sua mãe e escolher fotos de vocês juntas ♥  Você vai precisar de: Um pedaço de madeira, corda/ ou fita prendedor mini, fotos de vocês, caneta da sua preferência,  e mãos a obra! Para as mamães que gostam de deixar seu cantinho das makes arrumadinho e bonitinho, essa dica é top! Você vai precisar de: Uma lata de nescau, tinta da cor que você preferir, pincel, caneta da cor que você preferir, e mãos a obra! Demonstrar o seu amor, nunca é demais! Essa opção é super fofa, e uma forma de falar tudo o que você sente. Você vai precisar de: Envelope, papel e caneta, coloque no envelope todos seus sentimentos ♥ e mãos a obra! Para fazer o dia da sua mãe ainda mais especial,  não esquece de marcar a gente no instagram vamos adorar acompanhar e fazer parte desse momento tão lindo ♥          
0 Comentário - Postado em 29/04/2020 às 08:32h
Alimentos com vitamina C que você deveria comer!
Com a chegada da estação mais fria e o medo de acabar pegando uma gripe nesse período vem aumentando, e a procura por alimentos ricos com vitamina C acaba crescendo consideravelmente nessa época. Os benefícios das frutas, legumes e verduras que contém essa vitamina, vão além do combate contra o resfriado e também são eficientes para uma pele bonita e ação antioxidante e cicatrizante, sendo assim uma ótima fonte de equilíbrio para o corpo. Mas você sabe quais são as principais fontes para absorver esse benefício tão essencial para a saúde? Listamos alguns alimentos que você precisa ter na sua casa que vão repor a vitamina C e outros nutrientes essenciais, vem ver: Quem não ama um tomate na salada ou até mesmo para preparar aquele molho caseiro? A fruta (sim, o tomate é uma fruta!) tem diversos benefícios para a saúde e além da vitamina C que é ótima para imunidade, pele. Amado por uns e odiado por outros, o brócolis pode te surpreender não somente na variedades de preparos e receitas, quanto em suas fontes de vitaminas e proteínas. Aliás, você sabia que o vegetal além de ser fonte de fibras também tem mais vitamina C do que frutas cítricas? Mas atenção, é recomendado o cozimento a vapor para manter todos os nutrientes.  Esteticamente bonita, saborosa e rica em vitaminas K e C, a fruta que surgiu na China é um dos grandes aliados para combater gripes e controlar os níveis de colesterol no sangue, e sim, estamos falando do Kiwi.  Ok, já sabemos que a laranja é mundialmente conhecida pelos seus benefícios e fontes de vitaminas C, mas você sabia que além disso a fruta cítrica leva dois importantes nutrientes para o coração e também ajuda na prevenção contra o câncer?  Por essa (talvez) você não esperava, mas o morango também entra na lista de alimentos ricos em vitamina C. A fruta ajuda no combate de doenças como câncer, cardiovasculares, além de auxiliar no aumento da saciedade. E aí, vai um suco de morango para essa tarde?   
0 Comentário - Postado em 14/04/2020 às 16:27h
Spa day
Nada como um dia de beleza e cuidados com o corpo para relaxar.  Separamos algumas dicas para você fazer o seu spa day em casa: 1- Escolha um ambiente na sua casa, que você consiga ficar a vontade 2 - Máscaras faciais: Aproveite para higienizar bem o rosto e fazer alguma máscara facial depois. Isso é ótimo para renovar e hidratar a pele. Segue dica da nossa it girl de uma máscara caseira  3- Hidratações poderosas Aplique os óleos capilares em todo o comprimento dos fios e durma com o produto no cabelo mesmo. No dia seguinte, é só lavar bem para retirar o produto.  Dá para fazer com óleos naturais - o de coco é poderoso. 4- Esfoliação A esfoliação é indispensável para remover as células mortas e deixar a pele mais homogênea. Dá para fazer uma receitinha caseira: ESFOLIANTE DE AÇÚCAR E MEL Preparo: – 1 colher de chá de açúcar granulado; – ½ colher de chá de mel; – Suco de meio limão fresco. Basta misturar todos os ingredientes num recipiente, até que fique uma mistura homogênea.  Se a mistura ficar mole demais, pode-se adicionar mais açúcar granulado. Em seguida, aplique o esfoliante e massageie de 3 a 5 minutos.  Mantenha a mistura sobre a pele por 10 minutos e depois lave bem o rosto. Este processo pode ser repetido também três vezes por semana, em dias alternados. 5-Borrife água termal A água termal possui vários benefícios, ela renova a pele, hidrata, tonifica e ainda ajuda a aliviar irritações. Vale usar depois de esfoliar o rosto.
0 Comentário - Postado em 08/04/2020 às 11:05h
Coronavírus, como se prevenir?
O que são Coronavírus? Os coronavírus são uma grande família de vírus que podem causar desde resfriados comuns até doenças respiratórias mais graves e de importância para a saúde publica como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS) e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS). O novo coronavírus descoberto em dezembro de 2019 na China (SARS-CoV-2) é o agente causador da doença pelo coronavirus 2019 (COVID-19). Como se prevenir?  Devem ser adotadas medidas gerais de prevenção e etiqueta respiratória, tais como: -Lave regularmente e cuidadosamente as mãos com água e sabão, ou higienize-as com álcool-gel 70%. Dessa forma é possível eliminar os vírus que possam estar na sua mão. -Mantenha pelo menos 2 metros de distância entre você e qualquer pessoa que esteja tossindo ou espirrando. Dessa forma é possível diminuir o risco de respirar gotículas respiratórias que contenham vírus, se a pessoa estiver doente.  -Evite tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.  -Certifique-se de que você e as pessoas ao seu redor pratiquem uma boa etiqueta respiratória. Isso significa cobrir a boca e o nariz com o antebraço ou com um lenço descartável quando tossir ou espirrar. Em seguida descarte o lenço usado imediatamente.  -Manter ambientes bem ventilados e evitar o compartilhamento de objetos de uso pessoal, com talheres, pratos, copos ou garrafas. Com isso você contribui para evitar a disseminação de doenças respiratórias. Como é feito o diagnóstico?  O diagnóstico do coronavírus é feito por meio da coleta de materiais respiratórios de pacientes classificados como casos suspeitos de COVID-19. As amostras são  encaminhadas para os Laboratórios Centrais de Saúde Pública (Lacen) dos Estados para realização de exames de biologia molecular para detecção do  RNA viral. FAKE NEWS Para evitar que mentiras sobre o coronavírus se espalhem, confirme se as mensagens que recebe são verdadeiras antes de repassá-las. Procure o canal Saúde sem Fake News, no endereço www.saude.gov.br/fakenews. lá você encontrara respostas oficiais e atualizadas. Caso não encontre sua dúvida no site, envie uma mensagem para o WhatsApp: (61)99289-4640. O disque saúde 136 também está funcionando 24 horas por dia durante os sete dias da semana, e está apto a esclarecer dúvidas sobre o coronavírus. A ligação é gratuita. O SUS desenvolveu um aplicativo que comunica informações sobre o COVID-19 e ainda realiza uma triagem virtual, indicando se é necessário ou não a ida a hospitais! Divulguem e bora defender esse sistema referência em saúde! iOS: https://apps.apple.com/br/app/coronav%C3%ADrus-sus/id1408008382 Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.datasus.guardioes Dica boa é dica compartilhada:           
0 Comentário - Postado em 18/03/2020 às 15:29h
Doenças respiratórias mais comuns no inverno, vamos proteger nossas crianças.
A estação mudou e a temperatura começa a diminuir,  o tempo tende a ficar mais seco e as crianças são as que mais sofrem com a incidência das doenças respiratórias,  tanto inflamatórias como alérgicas, fique atenta aos sintomas e ajude o seu filho a passar por isso. GRIPE Infecção dos pulmões e das vias aéreas,provocada pelo vírus influenza,  transmitido pelas gotículas da tosse ou do espirro da pessoa infectada. Sintomas:garganta irritada, tosse seca e congestão nasal,pode surgir febre alta e muita dor no corpo.  A maioria dos sintomas diminui em cerca de três ou cinco dias. Além do repouso,ofereça muito liquido para baixar a febre e aliviar as dores,  o pediatra pode indicar medicamentos específicos para ajudar no tratamento . Gripe e resfriado são doenças diferentes,os sintomas por mais parecidos que sejam, são mais fortes na gripe.  O resfriado comum pode ser causado por vários vírus, e não há vacina para eles. RINITE Inflamação da membrana mucosa do nariz. As causas podem ser alérgicas (se o sistema imunológico reage a algum fator ambiental,  como pó, bolor, pelo de animais, poluição) ou viral (quando há infecção por um vírus). Sintomas: Secreção e congestão nasal.  Nos quadros virais, também é comum haver tosse e febre baixa. O tratamento depende da origem do problema e especificidade de cada paciente, porém, em todas as situações,  a higienização nasal com soro fisiológico sempre é bem-vinda e ajuda a aliviar o desconforto. Prevenção :Hidratação, em casos alérgicos, é importante evitar o contato com a substância que provoca a reação do organismo.  Por isso, os médicos recomendam fazer um controle ambiental rigoroso,quando o problema é causado por pó e mofo,  você deve adequar a casa às necessidades da criança. Tirar cortinas, carpetes, tapetes e bichos de pelúcia,  deixar o ambiente arejado e passar pano úmido no chão diariamente são medidas que trazem efeitos benéficos. E ainda tem sinusite, bronquiolite, asma, conjuntivite, faringite ou amidalite,  a lista infelizmente é grande, então não deixe de conversar sobre isso com o pediatra de sua confiança.
0 Comentário - Postado em 05/06/2019 às 09:42h
Dia das mães!
Que tal surpreender nesse dia das mães? Sua mãe sempre está por perto nos momentos mais felizes e difíceis, não é mesmo? Seja guiando seus passos, cuidando de você e seus familiares, auxiliando nas tarefas escolares ou sendo aquele colo aconchegante nos momentos que você não está bem. O dia das mães está chegando e ela merece ser lembrada com muito amor e  carinho, então elaboramos algumas ideias para você surpreender nessa data tão especial: • Capriche no café da manhã Preparar o café da manhã talvez não seja uma ideia tão inovadora assim, mas ela costuma agradar. Afinal, todas as mães gostam de ser mimadas, não só nesse dia, mas sempre.  Você pode comprar alguns produtos para montar uma cesta incrível ou então, preparar tudo você mesmo. E o melhor de tudo é aproveitar o momento para tomar café da manhã na cama com sua mãe, não é mesmo?  • Faça um passeio A maioria das cidades possuem atividades culturais para a comemorar o dia das mães. Cinema, teatro, museus e eventos musicais ao ar livre, centros culturais podem ser muito divertidos. Dê uma olhada na programação da sua cidade/região e escolha o que mais combina com o estilo de vocês. • Pé na estrada Ainda dá tempo de programar um passeio bacana em família. Se a ideia de comemorar o dia das mães na própria cidade não é muito interessante, que tal uma fazer uma viagem? Escolha uma cidade próxima à sua e leve toda a família para passear. Sempre há algo diferente para se conhecer e se fazer! Se a sua cidade ficar perto de outra que seja litorânea, a viagem pode ser ainda mais divertida. Que tal fazer um luau na praia? Leve algum instrumento, solte a voz e desfrute da linda vista para o mar! • E o presente? Se você quer surpreender com um presente pra lá de especial escolha nossa linha de produtos mãe e filha. Os produtos Contramão Calçados e Maria Caramelo Calçados estão disponíveis na numeração 16 aos 23 (Maria Caramelo) e do 20 ao 39 (Contramão), além da linha de acessórios. Você encontra opções lindas, para os mais variados estilos e que certamente vão arrancar suspiros dela, que é a mulher da sua vida.  Para adquirir os produtos procure as melhores lojas da sua cidade/região ou acesse nosso site e confira as lojas virtuais que vendem nossos produtos: http://www.contramao.com.br/onde-encontrar Depois marque nosso perfil nas redes sociais, vamos amar compartilhar os momentos especiais de vocês!
0 Comentário - Postado em 10/05/2019 às 17:27h
Top